sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

26 de dezembro - Santo Estevão (Stefano) - Feriado na Itália

26 de dezembro é o 360º dia do calendário gregoriano (361º em anos bissextos ).

Ou seja, faltam cinco dias para o fim do ano.

Santo Estêvão é o primeiro mártir do cristianismo, segundo o Novo Testamento, sendo considerado santo por algumas das denominações cristãs (católica, ortodoxa e a anglicana).




O seu nome vem do grego Στέφανος (Stéphanos), o qual se traduz para aramaico como Kelil, significando coroa - e Santo Estêvão é, de resto, representado com a coroa de martírio da cristandade, recordando assim o facto de se tratar do primeiro cristão a morrer pela sua fé - o protomártir.

É celebrado em 26 de Dezembro no Ocidente e em 27 de Dezembro no Oriente por tais denominações. Ele também está listado entre os Setenta Discípulos.

E aqui na Itália é feriado! 
É feriado também na Alemanha, Áustria, Irlanda, Dinamarca, Croácia, Romênia, Serbia e Montenegro e  

Aproveito para parabenizar a todos os que têm o nome Estevão (Stefano). 
Buon onomastico!


fonte wikipedia.it

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Brasil com Z - Um Natal feliz mesmo longe da família

Hoje estou lá no Brasil com Z, falando um pouco dos sentimentos confusos quando se passa o Natal longe da família.

Leiam lá clicando aqui. 


quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Consumo dos italianos no Natal

Há pelo menos 9 milhões de italianos que esperam encontrar debaixo da árvore a tradicional cesta de Natal com vinho e produtos típicos do território.

Porque com o consumo estimado para festas em uma diminuição adicional de 5% em relação ao ano anterior, a comida é o único elemento que não se "corta", na verdade cresce como ideia de presente. Isto foi afirmado pela Confederação italiana de Agricultores


Com a crise que não passa e o décimo terceiro cometido entre impostos, contas de serviços públicos e de hipotecas, 71% dos italianos vão optar 'por presentes úteis', que em um caso em cada três dará presentes "mesa" para os parentes, amigos e colegas, ou melhor,  alimentos e vinho, explica o CIA. 
E também são as cestas finas de Natal, embora em "tamanho menor" do que em anos anteriores, que 29% dos italianos irá preencher "com produtos locais e "orgânicos". 

Absolutamente ganha o "made in Italy" e os bens mais 'populares', como vinho, champanhe, panetones e torrone tradicional, seguido por carnes, conservas, azeite, mel e queijos. Para uma despesa total - estima a CIA - entre 500 e 550 milhões de euros.

Também muda a o modo de compra, mais cuidadosa e contida. Mais de 80% das famílias agora olha para a melhor relação qualidade/preço e é também isso que premia fornecedores mais acessíveis como pequenos agricultores e mercados de Natal, um aumento de "gastos no país" em 7% no mesmo período de 2013, a CIA observa. 

São muitos, de fato, os italianos que neste período estão procurando mercados agrícolas que fazem vendas diretas e mercados de pulgas criados pelos agricultores, especialmente em zonas rurais e peri-urbanas. Uma escolha que premia não só a qualidade, autenticidade, frescura e salubridade dos  produtos agrícolas, mas deixa as contas mais leves. Nos pequenos produtores, na verdade, você compra a preços muito mais baixos do que os praticados pelos supermercados e centros comerciais, com uma economia de até 30%.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Máfia Capital

Máfia Capital, mais de 40 prisões decretadas desde o início de dezembro.

A máfia que "explodiu" em Roma esse mês.
Acusações de extorsão, usura, corrupção, manipulação de leilões, faturas falsas, transferência fraudulenta de bens, lavagem de dinheiro e outros crimes.
Os investigadores documentaram, além do mais,  um sistema corruptivo finalizado à atribuição de contratos e financiamentos públicos do Município de Roma e das empresas municipais, com interesses na gestão de centros de acolhimento para os imigrantes.
Entre os envolvidos, a maioria políticos e funcionários públicos, está o antigo "sindaco" de Roma, o  Alemanno.
Na operação do "magna magna" romano, a polícia financeira executou um mandado de apreensão do patrimônio atribuível aos suspeitos, emitidos pelo tribunal de Roma, de um valor de 200 milhões de euros.



Na "sujeirada" estão envolvidos também, integrantes da polícia e a marinha militar italiana. 
Na Marinha, descoberta fraude de 7 milhões de euros, destinados à combustível e fornecimento de "navios fantasmas", que nunca atracaram no porto. Inclusive, um deles, o Victoria I, já tinha naufragado em 2013... 

A Itália está em crise?
Sim.. na lama.. por tanto roubo e corrupção. 

domingo, 14 de dezembro de 2014

Brasileiras pelo Mundo - Dez curiosidades do Natal na Itália

Hoje estou lá no blog Brasileiras pelo Mundo com as Dez Curiosidades do Natal na Itália.

Passem lá para ler e comentar clicando aqui ou na imagem abaixo.

Grazie a tutti!

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

10 elementos para se reconhecer um romano no restaurante

O Romano é um animal na mesa: o ritual da "magnata" ("comilança") não pode ser trocado por nada no mundo. 
Aqui estão 10 coisas que fazem você perceber imediatamente se a pessoa sentada à mesa ao lado é um romano. 

Alberto Sordi em "Um americano em Roma".

1. A escolha da mesa 
A mais proeminente do restaurante, sempre a melhor e sempre o centro das atenções. Discrição não é tolerada! 

2. Avistamento de amigos 
No restaurante você tem que se sentir em casa ou na praça: acaba de entrar já vai procurando pelos amigos e, assim que os encontra não economiza no volume para chamá-los e cumprimentá-los. 

3. Coloque as coisas claras com o garçom 
“Ahò, io so amico de tizio e caio, trattace bene eh” (Aho, eu sou amigo do tal e do fulano, nos trate bem heim?!).  Ser sempre "o simpático" com os funcionários e acreditar que se é realmente...

4. O olho maior que a barriga
Pedir pouco é um pecado: trio de aperitivos, entrada, prato principal, sobremesa, café e ammazzacaffè.

5. Grandes porções 
A cozinha romana é rica, seja em calorias como nas porções servidas. É um problema se trouxerem à mesa um prato de carbonara com menos de 120/150 gramas de macarrão.

6. A escolha do primeiro prato (carboidrato)
Sem brincadeira: sobre o antipasto se pode, eventualmente, discutir, mas depois há apenas carbonara, cacio e pepe, amatriciana, pajata, gricia ou, no máximo, sugo di coda. 

Carbonara

7. A escolha do segundo prato (proteína)
Exceto em raras ocasiões nas quais se escolhe frutos do mar, para o romano se deve servir carne, especialmente cordeiro, osso buco ou o chamado "quinto quarto", ou então, miudezas (cauda, tripa, vísceras, cérebro e assim por diante).  Acompanhada só com catalonha, alcachofra ou chicória. 

8. Vinho e barulheira
Para (quase) todos os outros, o volume de voz é diretamente proporcional ao nível de vinho tomado. Para o romano não, você o reconhece imediatamente, mesmo quando sóbrio!

9. Ammazzacaffè 
Um ritual para ser feito quando o álcool já está nas alturas. Se canta, se ri, mas acima de tudo, se pede uma rodada de sambuca "con la mosca" (digestivo liquoroso a base de anis, "com a mosca", ou seja, um grão de café dentro).


10. A conta 
À romana, ou seja, dividida igualmente entre todos, sem ficar calculando o que você comeu. Viva a democracia!

Haveria também uma décima primeira na realidade, isto é, o desejo constante de trazer o seu próprio veículo (carro ou moto), quase dentro do restaurante, levando-o a estacionar, por assim dizer, em um lugar "criativo". 

Ah esses romanos! 
Ame-os ou odeie-os!

Baci a tutti!


Texto retirado e traduzido do site 2night.it

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Brasil com Z: Dica cultural - museus grátis na Itália

Hoje extraordinariamente estou no Brasil com Z para dar uma super dica cultural!!

Museus grátis na Itália, todo primeiro domingo do mês, e domingo agora dia 7 é a próxima data.


Saibam mais de outros programas gratuitos acontecendo por aqui! Clique aqui!


Alla prossima!

Baci a tutti!

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Quais profissionais têm emprego certo na Itália???

Quais profissionais têm emprego certo na Itália???

São cerca de 50 mil os perfis profissionais que as empresas estão lutando para encontrar, é isso que surgiu a partir da análise do Sistema de Informação anual da Excelsior Unioncamere e do Ministério do Trabalho, na feira Job & Orienta, realizada em novembro passado na feira em Verona.

Infelizmente, esta falta de pessoal, muitas vezes tem uma carência de profissionais que tenham concluído um curso de estudo adequado às competências exigidas nas seleções. Os trabalhos que eles não conseguem encontrar profissionais não são só de pessoal altamente qualificado, que exigem um grau, mas também naqueles onde é necessário apenas o ensino secundário.

Entre aqueles que têm um diploma do ensino médio é difícil encontrar aqueles que o obtiveram em uma escola técnica - profissional ou agrícola - alimentícia, de fato, os perfis que são quase impossíveis de encontrar são programadores de software, designers, técnicos, assistentes sociais e de saúde, tecnologia da informação, construção civil, cozinheiros, etc.



Enquanto que entre os graduados,  se tem problema no recrutamento de pessoas com estudo científico, matemático e físico. Os profissionais mais requisitados são os peritos em software, especialistas em gestão de negócios, os designers mecânicos, comercialistas do exterior, educadores para portadores de necessidades especiais, técnicos comerciais, engenheiros eletrônicos,  cientistas da computação, etc ..

Um recado para os jovens, diz a matéria, é não considerar somente o que ser quer fazer da vida, mas também a demanda no mercado de trabalho. A este respeito, o presidente da Unioncamere Ferruccio Dardanello no JOB & Orienta, diz que "Hoje, mais do que no passado, você precisa colocar nas mãos de jovens as cartas para escolher conscientemente o caminho que podem abrir-lhes um futuro de trabalho e satisfação. Ele deve ser combinado com a empresa para a escola, de modo que as crianças possam ganhar experiência a apresentar, no momento da contratação ".

Tem um desses diplomas e experiência?
Na Itália teria chances, apesar de toda essa crise.
Claro que, precisaria ter italiano fluente, um pouco do inglês (o inglês ensinado nas escolas e universidades italianas têm um ótimo nível), alguns contatos e muita vontade de correr atrás.

É isso aí!
Baci a tutti!



Fonte: iovivoroma.org

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

terça-feira, 25 de novembro de 2014

10 coisas para se fazer em Roma pelo menos uma vez na vida

Ok, Roma é a cidade mais bonita do mundo, como dizem, e os seus monumentos devem ser todos visitados por todos que vêm à cidade eterna. Porém, tem 10 coisas que devem ser absolutamente feitas em uma visita à Roma.

Vamos lá?


1 - Jogar a moeda na Fontana di Trevi La moneta a Fontana di Trevi - Lançar a moeda virado de costas para a fonte, fazendo um desejo. Principalmente se quer voltar um dia pra Roma, afinal esse é o objetivo principal da tradição. Mesmo a Fontana estando vazia já há algumas semanas (e ficará até outubro de 2015 para reforma), reservaram um espaço especial para os turistas jogarem a moedinha. 


2 -  Comer uma  “sorchetta doppio schizzo” no Sorchettaro da via Cernaia. Rigorosamente depois das 2 da madrugada, após a balada. Sim, porque aqui se come doce depois da balada e não hot dog como no Brasil rs. 


3 - Espiar a Cúpula da Basílica São Pedro do Vaticano através do buraco da fechadura do Priorato dei Cavalieri di Malta, em Aventino.



4 - Visitar o Coliseu internamente. Se conseguir e puder, fazer também o passeio subterrâneo. E claro, não se deixar enganar pelos gladiadores romanos na parte externa, que cobram caro por uma foto. 



5 - Ver o sol nascer do Aventino e o pôr-do-sol do Gianicolo.


6 - Comer comida romana. Spaguete à Carbonara, Cacio e Pepe, Amatriciana e tantos outros pratos... hummm


7 - Ir ao Estádio Olímpico assistir um jogo da Roma ou da Lazio. Com bandeira e na curva. 


8 - Fazer um aperitivo em uma das praças mais movimentadas de Roma, Campo de' Fiori, Piazza Trilussa ou na piazzetta do Rione Monti.


9 - Comprar objetos vintage, velhos discos ou roupa de brechó na feira de domingo de Porta Portese.


10 - Se sentar na escadaria mais famosa (e bonita) do mundo e conhecer gente de todo os lugares do mundo na Piazza Spagna, escadaria da igreja Trinità dei Monti.


Poderia ainda incluir uma: comprar imediatamente uma passagem pra voltar à Roma.


É isso aí!
Baci a tutti!


Dicas do site 2night

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Criminalidade na Itália

Aumentou a criminalidade na Itália.

Reflexo da crise?

Os furtos denunciados em casas aumentaram 6%,  furto pessoal (¨bate carteira¨) aumento de mais de 12%. Fraudes e golpes na internet aumentaram 20%.


A província de Milão foi considerada a mais violenta em 2013. Seguida pelas províncias de Rimini, Bologna, Torino e Roma.
Analisando os crimes individualmente é Napoli a aparecer no topo quanto aos assaltos (rapina), com 4x a média nacional. Napoli também está no topo com o volume total de casos denunciados, seguida por Milão e Roma, claro, cidades que possuem um grande centro e são muito populosas. 
Furtos em casas no topo da lista estão Milão, Torino e Roma, mas algumas 'pequenas' surpreendem aparecendo na pesquisa, como Asti e Sondrio.



Por sua vez, cai o número de carros roubados e os homicídios.

Aconselho sempre, principalmente aos turistas para ter mais atenção em lugares muito cheios como ônibus e metrô, mas também em museus e pontos turísticos. Carteira, celular, máquina fotográfica, todo cuidado é pouco.

É isso aí!

Baci a tutti!



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Brasileiras pelo Mundo - A crise econômica e o sonho de morar na Itália

Hoje estou lá no Brasileiras pelo Mundo, falando de um tema muito atual, a crise econômica italiana.
Recebo muitos emails de leitores que compartilham deste sonho e perguntam-me se é o momento certo.

Querem saber?
Leiam lá clicando aqui.


Baci a tutti!
Alla prossima!

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Brasil com Z - Aprender o idioma italiano



Hoje estou lá no Brasil com Z com o texto: Aprender o idioma italiano.
Sempre dou dicas aqui de cursos e a importância em estudar e se aperfeiçoar na língua.







Leiam lá clicando aqui!
Curtam!
Comentem!
Compartilhem!

Grazie!


quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Custo de aluguel para estudantes

Falei sobre moradia há algum tempo, leia aqui
Hoje completo com um post falando do custo de aluguel para os estudantes na Itália.
Segundo pesquisa, é Milão a cidade com aluguel mais caro e Palermo a que tem aluguéis mais baratos para estudantes. 

Em média se gasta 380 € em um quarto individual. Os dados são de uma pesquisa do site immobiliare.it.
O custo do aluguel de um quarto individual  não é barato, especialmente se você for estudante não residente e não elegível para o acesso à moradia universitária. Neste caso, o custo fixo é certamente mais importante do que a habitação, apesar da atual crise que levou a um ligeiro declínio nas pretensões econômicas daqueles que alugam uma casa.



Quanto custa um aluguel mensal médio de um quarto individual ou duplo? 

380 Euros pelo menos, de acordo com um estudo realizado por immobiliare.it que comparou os preços de aluguel de 15 cidades italianas que têm um elevado número de estudantes não residentes. 
A cidade mais cara acaba por ser Milão, onde alugar um quarto individual pode custar uma média de € 480, enquanto a dupla leva 320. Em seguida Roma, onde aqueles que procuram um indivídual deve aliviar a sua carteira de pelo menos 410 €. Para ir abaixo do limiar psicológico (e real) de 400 euros têm de chegar ao terceiro lugar, onde encontramos Florença, com uma renda média de € 360 por pessoa. A cidade mais barata? Palermo, onde a diferença de preço entre o quarto de solteiro e de casal é quase inexistente. 180 euros para o primeiro e 160 para o segundo. Veja a tabela com o ranking completo logo abaixo:

Affitti-Studenti-Fuoruisede

Fora os sites indicados no post anterior sobre moradia, pra quem procura quarto vale a pena procurar em:

- residências universitárias : http://www.studenti.it/universita/orientarsi/collegi_universitari.php
- affitto-studenti.it
- affittostudentiroma.it
- affittocasastudenti.it
- stanzazoo.it
- stanzaaffitto.it

E ainda nos murais das faculdades. Os estudantes colocam vários anúncios de divisão de aluguel, quarto e tudo o mais.

É isso aí!
Baci a tutti!

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Melhores Universidades Italianas - outros rankings

Completando o posts das melhores Universidades italianas em 2014/2015, deixo aqui um outro ranking geral, elaborado pela Censis e o jornal L'Espresso, antes de sair o Guia de Universidades definitivo. 

Este ranking foi atualizado para incorporar novos indicadores de qualidade que, em geral, são: atração, sustentabilidade, estágio, relações internacionais, bolsas de estudos, dispersão, eficiência, satisfação, emprego, investigação, fundos externos e alta formação.

As 5 primeiras posições são Verona, Trento, Politécnico de Milão, Bologna e Padova.

Avaliando as universidades na pesquisa científica, as 5 primeiras são: Verona, Trento, Milano Bicocca e Padova.

Já no quesito Didática: Trento, Politécnico de Milão, Pavia, Modena e Reggio Emilia e Politecnico de Torino.

É possível notar algumas diferenças quanto ao ranking publicado anteriormente. Bologna por exemplo aparece praticamente em todas as áreas mas aqui só aparece no ranking geral, provavelmente pelo alto índice de relações internacionais. 
Também porque lá o foco é a progressão de carreira e relações internacionais.

Universidade de Bologna

Outro ranking importante, a nível mundial, é o QS University Ranking 2014. O qual avalia a reputação acadêmica; relação professor / aluno; número de citações por professor; julgamento dos empregadores e caçadores de talentos; porcentagem de estudantes estrangeiros e porcentagem de corpo docente internacional.
São selecionadas 800 universidades do mundo, Inglaterra e EUA lideram o ranking. 
Já as 10 italianas mais bem classificadas aparecem nas posições:

- 182ª Universidade de Bologna
- 202ª Sapienza de Roma
- 229ª Politécnico de Milão
- 238ª Universidade de Milão
- 245ª Universidade de Pisa
- 262ª Universidade de Padova
- 305ª Univesidade de Roma - Tor Vergata (olhem eu aí! rs)
- 345ª Universidade de Nápoles - Federico II
- 352ª Universidade de Firenze
- 365ª Politecnico de Torino

Para ver toda a lista das universidades italianas presentes no ranking, clique aqui.
Comparando um pouco com Brasil, as melhores colocadas brasileiras são USP na 132ª posição, Unicamp em 206º e UFRJ em 271º. Todas as outras que aparecem estão acima da posição 421. Como podemos ver a USP supera todas as italianas classificadas no ranking.

Saiu ainda uma lista das melhores universidades italianas nos cursos de "Laurea Magistrale a Ciclo Unico" (de 5 anos, sendo 1º e 2º nível juntos Triennale e Magistrale). Para ver clique aqui.
E outras listas que dividem as universidade por porte (número de alunos), para ver clique aqui.

É isso! Já da pra ter uma ideia né?
Nem sempre temos a chance de poder escolher onde estudar. Muitas vezes conta a distância, a oferta de bolsa de estudos, vagas, etc. Mas pra quem puder, fica aqui registrado o ranking mais atual.

Baci a tutti!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Guia das melhores universidades italianas 2014/2015

Saiu a lista das melhores universidades italianas em 2014/2015 do Censis.
Sei que serve para muita gente que está vindo estudar aqui em intercâmbio. Além do mais, o post com a lista de 2013 é o 5º mais acessado no blog. 

Então vamos lá com a lista deste ano, a lista geral (universidades públicas e particulares), avaliando somente os cursos de graduação.
Mudou alguma coisinha, sem contar que este ano está mais detalhada.
Vejamos por área, as 5 melhores colocadas:

GRUPO CIENTÍFICO - (Scienze e Tecnologie della Navigazione;  Scienze e Tecnologie Fisiche; Scienze e Tecnologie Informatiche; Scienze Matematiche).
- Trieste, Trento, Torino, Perugia e Parma. 

GRUPO QUÍMICO-FARMACÊUTICO - (Scienze e Tecnologie Chimiche; Scienze e Tecnologie Farmaceutiche).
- Firenze, Pavia, Siena, Bologna e Piemonte Orientale.

GRUPO GEO-BIOLÓGICO - (Biotecnologie; Geografia; Scienze Biologiche; Scienze e Tecnologie per l'Ambiente e la Natura; Scienze Geologiche).
- Modena e Reggio Emilia, Camerino, Genova, Urbino Carlo Bo e Padova.

GRUPO MÉDICO-SANITÁRIO - (Professioni Sanitarie, Infermieristiche e Professione Sanitaria Ostetrica; Professioni Sanitarie della Riabilitazione; Professioni Sanitarie Tecniche; Professioni Sanitarie della Prevenzione).
- Verona, Milano Bicocca, Modena e Reggio Emilia, Perugia e Udine.

GRUPO ENGENHARIAS - (Ingegneria Civile e Ambientale; Ingegneria dell'Informazione; Ingegneria Industriale).
- Torino Politecnico, Modena e Reggio Emilia, Bergamo, Pavia e Milano Politécnico.



GRUPO ARQUITETURA - (Disegno Industriale; Scienze dell'Architettura; Sc. della Pianificazione Territoriale, Urbanistica, Paesaggistica, e Ambientale; Scienze e Tecniche dell'Edilizia).
- Sassari, Milano Politécnico, Venezia IUAV, Torino Politécnico e Camerino.

GRUPO AGRÁRIO-VETERINÁRIO - (Scienze e Tecnologie Agrarie e Forestali; Scienze e Tecnologie Alimentari; Scienze Zootecniche e Tecnologie delle Produzioni Animali).
- Torino, Modena e Reggio Emilia, Bologna, Udine e Perugia.

GRUPO ECONÔMICO-ESTATÍSTICO - (Scienze dell'Economia e della Gestione Aziendale;Scienze Economiche; Statistiche.
- Trento, Modena e Reggio Emilia, Padova, Bologna e Pavia.

GRUPO SÓCIO-POLÍTICO - (Scienze del Turismo; Scienze dell'Amministrazione e dell'Organizzazione; Scienze della Comunicazione; Scienze Politiche e delle Relazioni Internazionali; Scienze Sociali per la Cooperazione, lo Sviluppo e la Pace; Servizio Sociale; Sociologia).
- Bologna, Trieste, Siena, Trento e Padova.

GRUPO JURÍDICO - (Scienze dei Servizi Giuridici).
- Bologna, Siena, Torino, Padova e Milano Bicocca.

GRUPO LETRAS E HUMANISMO - (Beni Culturali; Disciplina delle Arti Figurative, della Musica, dello Spettacolo e Moda; Filosofia; Lettere; Storia; Tecnologie per la Conservazione e il Restauro dei Beni Culturali).
- Siena, Bologna, Roma Tor Vergata, Urbino Carlo Bo e Modena e Reggio Emilia.

GRUPO LINGUÍSTICO - (Mediazione Linguistica; Lingue e Culture Moderne).
- Trieste, Modena e Reggio Emilia, Bologna, Udine e Siena.

GRUPO ENSINO - (Scienze dell'Educazione e della Formazione).
- Urbino Carlo Bo, Macerata, Bologna, Siena e Genova.

GRUPO PSICOLÓGICO - (Scienze e Tecniche Psicologiche).
- Bologna, Padova, Torino, Trento e Milano Bicocca.

GRUPO ESPORTIVO - (Scienze delle Attività Motorie e Sportive).
- Bologna, Torino, Udine, Urbino Carlo Bo e Roma Foro Italico.

Proximamente publico a lista da avaliação geral das universidades italianas.

Baci a tutti!

sábado, 25 de outubro de 2014

4 anos de Itália

Hoje completo 4 anos de vida em solo italiano.

Há 4 anos eu chegava de mala, cuia e muitos sonhos na bagagem!

Fico muito feliz por ter tido essa coragem e por estar onde estou. 

Valeu cada momento!



Vamos ver quanto tempo por aqui ainda Deus me reserva!

Continuem acompanhando! 

Baci! 

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Brasileiras pelo Mundo - 10 razões para morar na Itália.

Hoje estou lá no blog Brasileiras pelo Mundo com minha coluna mensal falando das 10 razões para morar aqui na Itália.

Curiosos?

Visitem lá (clicando aqui), compartilhem, comentem!

Grazie!


terça-feira, 21 de outubro de 2014

Abrindo conta corrente na Itália

Para muitas coisas é necessário ter uma conta em banco aqui na Itália. 
Pagar aluguel e contas, por exemplo. 
Abrir conta por aqui é simples, basta levar os documentos básicos: Carta d'Identità, Codice Fiscale e Permesso di Soggiorno (quem é estudante temporário e não tem residência, levar Passaporte e declaração de estudos).  
Existe uma infinidade de bancos. É preciso analisar as ofertas, principalmente no que se trata de taxas (saque, depósito, uso de cartão de débito, taxa administrativa).
Algumas podem até não cobrar taxa nenhuma de adminstração, por exemplo, por causa de idade, tipo de conta etc.
E pode acontecer também de cobrarem taxas serem mais altas pra quem é estrangeiro não residente, no caso de estudantes por exemplo.  Mas, existem alternativas, se o caso for esse:

1) Ir até o Comune de sua cidade e pedir um certificado de habitação. Para isso, se deve levar todos os documentos  e o contrato de aluguel. Se paga 16 Euros por uma "marca da bollo" - já a leve quando for ao Comune (se compra nos "Tabaccai"). A "Dichiarazione" de residente sai na mesma hora. De posse desse documento, é só ir imediatamente ao banco e pedir para abrir a conta para RESIDENTE NA ITÁLIA (ou trocar a sua conta, caso já tenha uma aberta cobrando absurdos de taxas, e neste caso não se paga nada por isso e nem muda os dados de sua conta). Neste caso, com a emissão da declaração de residente, um oficial da polícia deve vir em casa para confirmar que se mora ali.



2) Outra opção é pesquisar um banco onde possa fazer uma "carta virtuale". É como se fosse uma conta pré-paga, na qual pagará uma taxa mínima anual e só. Nada de taxas extras. Mas essa conta tem algumas restrições de ações, no sentido que não te permite fazer tudo o que uma conta normal permitiria, mas para depositar, sacar e usar função de débito, funciona.

3) Ou ainda, fazer um cartão pré-pago (praticamente igual a "carta virtuale" do item anterior), como o Postepay, do correio italiano (Poste Italiane), se paga 5 euros iniciais pra ativar como uma recarga. Pode usar pra compras em débito e algumas compras online. Para depositar dinheiro nele é só ir a uma Posta ou então Tabaccaio ou qualquer lugar que tenha o sistema Sisal.

Alguns bancos convenientes: Unicredit, Ing Direct. Neste site "Facile.it" se pesquisa a conta débito ou conta corrente mais vantajosa. Lembrar porém, de ver a disponibilidade de agências e se vai atender às necessidades.

É isso aí!
Baci a tutti!

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

5 perguntas sobre o blog

A Manu do ManuEscritos me convidou a responder algumas perguntinhas para conhecer um pouco melhor a mim e ao blog Sonhos na Itália, então tá.
Manu, aqui vão minhas respostas para suas perguntas:

1- Por que você decidiu criar o blog?
Decidi criar o blog alguns meses antes de vir morar na Itália. Eu passava horas pesquisando na internet sobre a vida aqui e principalmente sobre documentos, a burocracia, como as coisas funcionavam, saúde, educação, como estavam as oportunidades pra estudar, etc. Daí, decidi ir compartilhando as informações que eu encontrava, pois com certeza seriam úteis para outras pessoas também. E aqui estou, com 4 anos de blog e ainda muita coisa pra contar. :)

2- Seus propósitos com o blog já mudaram desde que você o criou?
Não mudaram. Claro que não tenho muitas publicações como no início, quando era tudo novidade, com muita coisa pra contar e era praticamente uma postagem por dia. Mas, como na vida sempre se aprende uma coisa nova, sempre surgem novas experiências o blog está aqui firme e forte!



3- Você já teve algum problema por causa do blog (privacidade, comentários negativos-ofensivos, fofoca, etc)? Se sim, como você reagiu?
 Graças à Deus nunca tive nenhum problema do tipo. A não ser uso de fotos sem autorização. Por isso evito colocar fotos pessoais nas quais eu apareço.

4- O que o blog te trouxe de bom?
Ah, satisfação pessoal com certeza. Me sinto bem em ser útil através do blog. Recebo muitos e-mails com pedido de ajuda, orientação, conselho. Isso é o melhor do blog. E claro, as amizades virtuais que se formam através do blog.

5 - Qual post te deu mais orgulho em ter escrito?

Nenhum em particular. Mas gosto muito do retorno que tenho quando falo de estudos, documentos e essa parte burocrática italiana. O sonho de continuar os estudos era meu sonho principal ao vir para a Itália, e está se realizando. Vejo que muita gente compartilha do mesmo sonho e isso é ótimo! Sou uma que nunca se cansa de estudar! rs


------------------------------------------------- 

É isso! Manu, espero que tenha ficado satisfeita com minhas respostas. Te agradeço o convite.
Para continuar a brincadeira eu tenho que indicar outros blogs, para responderem às minhas perguntas (Façam somente se quiserem, claro!). Portanto convido a Lilian do Make me Trucco e a Lana do Desenhos na Calçada.

E as minhas perguntas são as mesmas que eu respondi, aí estão em forma de lista:

1- Por que você decidiu criar o blog?
2- Seus propósitos com o blog já mudaram desde que você o criou?
3- Você já teve algum problema por causa do blog (privacidade, comentários negativos-ofensivos, fofoca, etc)? Se sim, como você reagiu?
4- O que o blog te trouxe de bom?
5- Qual post te deu mais orgulho em ter escrito? 

-----------------------------------------------

Ciao a tutti!
Baci!

sábado, 11 de outubro de 2014

Serviço de Tradução italiano/português e português/italiano

Como vocês vão poder perceber, o blog ganhou mais uma aba, a de Serviços de Tradução.

Com a minha fluência no italiano definitivamente aperfeiçoada no doutorado e, já realizando alguns trabalhos de tradução do português pro italiano e do italiano para o português, resolvi tornar "oficial" e divulgar esse trabalho (que particularmente adoro) e fazer uma renda extra para continuar realizando alguns sonhos aqui na Itália.

Portanto fica aí a dica!

Faço serviços de tradução não juramentada de textos, teses, artigos, documentos, etc. 

 

Ajudem-me a divulgar por favor!
Grazie!

 :)

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Ilha de Capri e a Gruta Azul

Chegou a hora de falar de Capri! Ahhhh a Ilha de Capri....
Belíssima ilha que fica no golfo de Napoli.


Para chegar lá se pega a balsa ou barco partindo de Napoli ou de Sorrento.
De Napoli os preços variam de 12 a 21 euros, dependendo do horário e tipo de transporte, só ida.

O "must" de Capri é a Grotta Azzurra (Gruta azul).

 

Uma enorme gruta, com água que reflete um azul inigualável com a incidência do sol. Dizem aqui era a piscina natural privada do imperador Tibério, que tinha um túnel que o levava da sua mansão na Ilha até a gruta
Vejam o vídeo abaixo, pois dispensa qualquer outro comentário! É maravilhosa!


Bem, o passeio de barco para ir só até a gruta custa cerca 13 euros mais os 13 euros para entrar na gruta.
Existe o passeio completo da Ilha que custa um pouco mais mas vale super a pena, passa por belezas naturais da ilha que são imperdíveis, como i Faraglioni (as três pedras) e a gruta branca.



           

Existem várias empresas que oferecem o passeio. Pode acontecer de se fazer o passeio da ilha e o barco não querer parar para esperar que todos os interessados entrem na Gruta Azul (muitas vezes precisa esperar algumas horas, a gruta é muito disputada). O que tem que fazer se voltarem sem esperar, é reclamar e pedir pra ir num próximo barco com o passeio curto, só para a gruta. Pois nem todo mundo que faz o passeio longo de toda a ilha (que dura 2 horas) vai querer entrar na gruta. Aconteceu com a gente, mas deixaram a gente ir depois, sem claro, passarmos por um pouco de estresse. 
 
Não entra carro nem moto em Capri praticamente o ano todo. Na ilha existem táxis e transportes público que funcionam muito bem. 
Dar um mergulho nas praias de águas cristalinas de Capri é uma ótima pedida também pra enfrentar o calor da ilha no verão (como no nosso caso!). 

Ficamos só um dia na ilha, praticamente só na "missão Gruta Azul" e, não conseguimos passear pelo centro de Capri e Anacapri (as duas cidades da ilha). Mas fica pra uma outra vez.

Só ter ido na Gruta Azul já foi um sonho!

Os posts sobre as férias terminam aqui. Fomos ainda para Sorrento e uma praia por ali, mas não tenho muito o que contar, merecem uma segunda visita para fazer um belo post!

Ok?
Arrivederci!
Baci a tutti!

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Brasileiras pelo Mundo - Comer, comer, comer!

Este mês lá no Brasileiras pelo Mundo, falo das maravílhas da culinária italiana, citando alguns pratos típicos de determinadas cidade ou região. 

Passem lá pra ler e compartilhar clicando aqui! :)

Hummmmmm!

Che fame!!!!


http://www.brasileiraspelomundo.com/italia-comer-comer-comer-55198401
 

domingo, 21 de setembro de 2014

Napoli - Nápoles

Ah Napoli (Nápoles)! Amada por muitos, odiada por tantos outros.

Napoli é assim!

Eu sou das que se apaixonou!
É uma cidade única!





Ladeiras pra cá, ladeiras pra lá, ruas estreitas pra cá, o mar pra lá.... ah... e quanta história!

É a cidade com o maior centro histórico da Europa, reconhecido como patrimônio mundial da humanidade pela UNESCO
Napoli vem do grego Neapolis, que significa "cidade nova".
Fundada no oitavo século antes de Cristo, é a capital da Região Campania, tem quase 1 milhão de habitantes. A terceira cidade mais populosa da Itália e e tem uma das regiões metropolitanas mais populosas da Europa, quase 3 milhões de habitantes.
É em Napoli que está a mais antiga universidade pública e laica da Europa, a Federico II.

É rica de arquitetura religiosa, civil e militar, que contam um pouco dos seus 2800 anos de história. Inúmeros museus, parques, teatros e relíquias arqueológicas subterrâneas.

Em Napoli, o Napulitano foi o idioma oficial por mais de um século, substituindo o latim em documentos públicos e tudo o mais. Foi reconhecido como uma língua e não um dialeto, em todos os efeitos, pela Unesco.
E até hoje a maioria fala a língua. É muito diferente do italiano e difícil de entender.


Outra característica de Napoli: "A Napoli si balla e si canta".
Sim! Dos conservatórios tradicionais à musica popular napolitana, pois é daqui a famosa Tarantella.

Ah, e claro! A cozinha napolitana!
A tradicional pizza de borda mais grossinha e com muçarela de búfala; o ragú napoletano (aquilo que chamamos de molho à bolonhesa no Brasil - feito com carne moída, cebola e molho de tomate - o ragú bolonhesa original é feito com carne, cebola, cenouras e salsão); os doces Babá e Sfogliatella!  
E muitas outras delícias!



Hum que maravilha!

Passear pelas ruazinhas no centro histórico é um must! De dia ou de noite!
A famosa "Spaccanapoli" ("quebra Napoli") como chamam a "artéria" que literalmente corta o centro histórico da cidade por aproximadamente 2 km, e faz parte dela três ruas principais: da Piazza Gesù Nuovo, San Biagio dei Librai e via Giudecca Vecchia, é a área principal do centro histórico, não dá pra perder. Estreita, com pavimento original, é uma viagem no tempo.

                  

Tem muita coisa pra fazer em Napoli. E não é só o centro histórico, a beira mar, os castelos, as praças e parques...

Nós alugamos um apartamento no bairro Chiaia, que é um dos 14 bairros que são considerados históricos.
Bonito e bem localizado.

Falam tantas coisas boas mas também tantas coisas ruins desta cidade. Principalmente que é violenta.
Nós não presenciamos nada violento, como assalto, furto, algo do tipo.
O único aspecto ruim que vi na cidade é a sujeira. Mas quanto a isso Roma não é diferente, e nem o Brasil, portanto estamos acostumados.
Mas confesso que andar à noite pelas ruazinhas no centro perto da estação central de trem me deixou um pouco apreensiva. Mas tudo por causa dos boatos, rs.

Napoli tem uma paisagem incrível, ainda mais porque tem o vulcão Vesúvio, que fica na mesma província. Mas esse vulcão merece um post à parte!!


Bem, super recomendo esta charmosa e muito particular cidade.
Dizem que é o Rio de Janeiro da Itália. :)


E dali saem os barcos para as lindas ilhas:  Capri e Ischia.
Fomos pra Capri, mas conto tudo num próximo post!

Baci!

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

4 anos de Sonhos na Itália

As férias de agosto foram tão intensas e depois o retorno aos estudos no doutorado que acabei deixando passar o aniversário do blog!

Mas nunca é tarde!
E quero principalmente agradecer à você leitor, que acompanha, que curte, que participa, que se interessa pelas publicações do blog e que me motiva a continuar!

Tudo começou dia 22 de agosto de 2010.
 
E lá se foram 4 anos!



Viva!

Que venham muito mais!

Continuem acompanhando, os sonhos continuam.

Grazie a tutti!

Baci!


terça-feira, 16 de setembro de 2014

Firenze/Florença e os artigos em couro! Tudo de bom!

De volta à Roma, uma passadinha em Firenze (Florença). E por que não??

Firenze é linda e sempre cheia de turistas.
Suas ruazinha estreitas no centro histórico, o Duomo (Catedral de Firenze) a ponte que atravessa o rio Arno (Ponte Vecchio) que é linda e única, as comidas típicas (a Fiorentina precisa ser saboreada!), e as compras!

                


Sim, as compras!
Firenze é o melhor lugar da Itália (pelo menos que eu conheço até agora) para comprar artigos em couro.
Claro, porque Firenze é na Toscana, na Toscana se come muita carne e consequentemente, se tem muito couro!!
Mas é preciso ficar esperta lá. 
Tem de todos os preços, até mesmo quando se trata do mesmo artigo. 

A famosa Piazza Porcellino (onde tem o Javali que todo mundo quer tirar foto e passar a mão no seu fucinho), é cheia de barraquinhas de bolsas, casacos, cintos, sapatos em couro. Mas custa um absurdo! Fuja de lá! Ali é só para passear mesmo.



Bom mesmo para comprar é a feirinha de San Lorenzo, que fica ali perto do Mercado Central e em frente à Basílica San Lorenzo.
Cheia de artigos de couro e artesanato é ótima para fazer compras e ainda dá pra pechinchar.



Depois da feirinha, visitar o Mercado Central (que é lindo e organizado) e comer alguma coisa, também não pode faltar.


Bem, Firenze tem muito a oferecer. Já fui algumas vezes mas sempre se tem a conhecer e aproveitar desta linda cidade.

Logo mais, conto sobre Napoli, Sorrento e Capri. Que foram as novidades Top destas férias de Verão.

Baci a tutti!

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...